Inclusão 

e

Fabricante de sacos de lixo adaptou máquina e desenvolveu placas de metal para impressão de pacotes de plástico. Maior desafio foi chegar na carga de pressão e na velocidade corretas. Trabalho da Embalixo teve consultoria da Fundação Dorina.

Desde dezembro do ano passado, a Embalixo, empresa que fabrica sacos de lixo, inclui informações em braile nas 2,8 milhões de embalagens que confecciona todo mês para seus produtos. O trabalho teve consultoria da Fundação Dorina Nowill para Cegos e exigiu um sistema inovador, com o desenvolvimento de placas de metal específicas, adaptação no maquinário e aumento no tempo de produção. “Montar a máquina foi difícil, mas chegar na carga de pressão e na velocidade corretas foi muito mais difícil”, diz Rafael Costa, diretor comercial da Embalixo. A fabricante produz aproximadamente 14 toneladas de embalagens mensalmente. O plástico dos pacotes tem base em polietileno e polipropileno, com textura, espessura e flexibilidade calculadas. “Estamos investindo nas fábricas, nos processos, nos produtos a nas práticas para zerar nossas emissões de carbono. Nossos produtos já são 100% recicláveis. Usamos energia solar na sede administrativa e reaproveitamos materiais”, comenta o executivo.

Todas as embalagens fabricadas a partir de Janeiro/2022 contém informações em Braille. Projeto de inclusão da Embalixo se potencializa em parceria: Fundação Dorina. Embalagem Embalixo em Braille traz maior autonomia na hora das compras , Recurso inclusivo pode facilitar a vida dos quase 7 milhões
de brasileiros que apresentam deficiência visual🙂🙂

Saiba Mais 

estadao-logo-1.png
11.png

CLIQUE AQUI 

Empresa cria sistema inovador para incluir braile em 3 milhões de embalagens por mês Fabricante de sacos de lixo adaptou máquina e desenvolveu placas de metal para impressão de pacotes de plástico. Maior desafio foi chegar na carga de pressão e na velocidade corretas. Trabalho da Embalixo teve consultoria da Fundação Dorina.