Untitled Document
EMBA LIXO
TUDO SOBRE O LIXO


A DECOMPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS

Quanto tempo demora para se decompor cada tipo de lixo:


     Para onde vai o lixo?

Lixões: Grandes aterros de áreas alagadas a céu aberto, onde os resíduos são despejados.
Vantagem: nenhuma
Desvantagem: Coloca em risco a saúde da população, poluindo o solo, a água e o ar.

Aterros sanitários: Aqui os resíduos são compactados e cobertos com terra.Existe tratamento dos gases e líquidos produzidos pelo lixo e controle de animais transmissores de doenças .
Vantagem: É uma técnica confiável, com baixo custo operacional.
Desvantagem: Mal administrados, os aterros se transformam em depósitos de ratos e insetos. Não há reciclagem de vários materiais.

Incineração: Os resíduos são queimados em altas temperaturas e transformados em cinzas.
Vantagem:
Reduz o volume de resíduos. É higiênico e apropriado, principalmente para o lixo hospitalar.
Desvantagem: Custo alto, os diferentes tipos de resíduos podem causar danos ao incinerador, e a fumaça produzida polui o ar.

Compostagem: São lugares onde sobras de comida, restos de podas de árvores e esterco de animais, são tranformados em adubo.
Vantagem: Reduz o volume de resíduos. O produto final pode ser utlizado como adubo e cobertura de aterros sanitários.
Desvantagem: O processo é lento e elimina gases mal cheirosos.

Reciclagem: O material é reaproveitado passando por um processo de transformação e retornando ao ciclo produtivo.
Vantagem: Diminuição dos problemas ambientais ( menos poluição, menos gastos com água e energia)
Desvantagem: Nenhuma

     Como separar o lixo

O que deve ir para a coleta seletiva:
Papel: jornais, revistas, papelão, formulários, papéis brancos, cartões, aparas de papel, papel- toalha, cartolina, embalagens de ovo, fotocópia, envelopes e caixas em geral.
Plástico: copos plásticos, vasilhas, embalagens de refrigerante, sacos de leite, frascos de shampoo e de detergentes, embalagens de margarina, tubos de canos de PVC.
Vidros: copos, garrafas, potes, frascos e cacos.
Metal: chapas metálicas, latas de alumínio, panelas, fio, arames, pregos, sucatas de ferro e cobre.

     O que não deve ir para a coleta seletiva:
Papel: etiquetas adesivas, papel carbono e de estêncil, papel plastificado, fita crepe, papel de fax, papel metalizado, papéis sujos de alimentos e guardanapos.
Plástico: tomadas, cabos de panela, embalagens de biscoito, náilon e poliester.
Metal: clips, esponjas de aço e grampos.
Outros: espelho, lâmina, pirex, porcelana, cerâmica e tubos de TV.

     Atitudes Corretas

  Reutilize recipientes plásticos de produtos como margarinas ou sorvetes. Bem lavados, eles servem para guardar outros alimentos.

  Corretamente acondicionados, os alimentos permanecem frescos por mais tempo. Dessa forma, joga-se menos comida no lixo.

  Evite comprar comida além do necessário. Uma parte acaba se estragando e indo para o lixo.

  Coloque a quantidade suficiente de comida para sua satisfação,e não sobrar no prato e ir para o lixo.

  Não jogue lixo em terrenos baldios, rios e córregos. Isto pode causar enchentes, e perigo de contaminação por ratos e insetos.

  Resíduos de construção civil também devem ser separados. Eles podem ser reutilizados para pavimentação, contenção de encostas e na construção de casas populares.

  Não jogue lixo na rua ou pela janela do carro. Colabore com a limpeza e saúde de sua cidade.

  Não é necessário jogar sobras de verduras e frutas no lixo. Muitas vezes eles podem ser reaproveitados, não se esqueça que muita gente passa fome no país...
  Separe os resíduos em casa. Depois é só você entregar os sacos para a coleta seletiva. Assim, você estará contribuindo para um planeta mais saudável.

     Como Separar
AMARELO: tampas, latas, perfilados, alumínio e sucata metálica.
AZUL: caixas de papelão, papel, embalagens de papel e papelão, jornais, formulários contínuos, revistas, etc.
VERDE: garrafas, cacos, litros, etc.
VERMELHO: saquinhos, frascos (álcool, shampoo, etc), garrafas plásticas, potes, tampas, brinquedos, vazilhames domésticos.

DICAS E CURIOSIDADES

Meio Ambiente

» Coloque o lixo comum em sacos plásticos ou vasilhames com tampa. Não espalhe o lixo.
» Obedeça o horário de coleta. Perdeu? Guarde o lixo para o próximo dia de coleta.
» O lixo espalhado atrai ratos, baratas, moscas e mosquitos, trazendo doenças que podem levar à morte.
» A queima do lixo produz gases tóxicos, contamina o meio ambiente e dificulta a coleta.
» Não jogue lixo ou entulho em locais não permitidos, principalmente nas ruas, terrenos, mar, rios, canais e lagos.
» Os resíduos jogados pelas janelas dos carros e ônibus entopem os bueiros e, nas épocas de chuva, acabam provocando alagamentos.
» Em média, uma família gera por ano 01 tonelada de lixo. Diariamente, são produzidas no Brasil cerca de 90.000 toneladas de lixo.
» Participe da Coleta Seletiva. Separe vidros, papéis, plásticos e metais.
» O lixo nas encostas causa deslizamento de terra, colocando vidas em risco.
» A praia e o mar fazem parte do seu meio ambiente. Preserve-os, não jogando lixo.
» Os plásticos, se jogados ao mar, podem acabar matando animais marinhos, que são estrangulados ou engasgam ao engolir as embalagens.
» O isopor, quando jogado ao mar e comido pela tartaruga, altera o seu mecanismo de flutuação e mergulho. Sem poder mergulhar, ela acaba morrendo de fome.

Reciclagem

» Cada tonelada de papel reciclado representa três metros cúbicos de espaço disponível nos aterros sanitários.
» A energia economizada com a reciclagem de uma única garrafa de vidro é suficiente para manter acesa uma lâmpada de 100 W durante quatro horas.
» Com a reciclagem de uma lata de alumínio economiza-se o suficiente para manter ligado um aparelho de televisão durante 03 horas.
» 01 tonelada de papel reciclado significa economia de três eucaliptos e 32 pinus, árvores usadas na produção de celulose.
» Na fabricação de 01 tonelada de papel reciclado são necessários apenas 2.000 litros de água, ao passo que no processo tradicional esse volume pode chegar a 100.000 litros por tonelada.
» O Brasil só recicla cerca de 30% de seu consumo de papel.
» O vidro é 100% reciclável e o Brasil só recicla cerca de 14,2% do vidro que produz e consome.
» Cada tonelada de aço reciclado representa uma economia de 1.140 Kg de minério de ferro, 454 Kg de carvão e 18 Kg de cal, sem perda da qualidade.
» Em 1999, durante o Carnaval de Salvador, foram catadas das ruas o equivalente a 55 toneladas de latinhas de alumínio.
» Dados de 1999: o Brasil posiciona-se em primeiro lugar no ranking mundial de reciclagem de alumínio, desbancando os Estados Unidos.

O Be a Ba da reciclagem

     Para uma super população, um super consumo. Para um super consumo a utilização de produtos descartáveis é inevitável, o que também aumenta a utilização de recursos naturais.

E aí, onde esconder todo esse lixo (plásticos, papelão, vidros e outros)? Neste planeta não há mais lugar para tanta coisa que se joga fora! Então, fique esperto!

Mas... o que é lixo? É tudo que a gente joga fora, tudo que "não serve mais", é o resto...
Lixo no Brasil - o desperdício:



Papel e papelão 3 a 6 meses
Tecidos de fibras naturais 6 meses a 1 ano
Plásticos em geral alguns não se "desmancham"
Madeira Pintada cerca de 13 anos
Chiclete 5 anos
Borracha indeterminado

     O Brasil produz aproximadamente 100 mil toneladas de lixo por dia. Imagine uma fila de caminhões de lixo de 5 toneladas de capacidade, ocupando uma distância equivalente a 10 Pontes Rio-Niterói ...
     Cada brasileiro produz gera, em média, 500 gramas de lixo diariamente, podendo chegar até a mais de 1 kg, dependendo do poder aquisitivo e local em que mora
Em algumas cidades brasileiras quase a metade do lixo não é coletado e sim atirado de qualquer maneira nas ruas, em terrenos baldios, em rios, lagos, no mar etc.

Caminhos do lixo: O que você vê e o que você não vê

     Pense no que acontece com o lixo que produzimos em casa. Normalmente ele é colocado em sacos plásticos e fechado. Quem vive em casas põe o saco de lixo na calçada, no dia da coleta; quem vive em prédios, coloca na lixeira, para ser juntado aos sacos dos outros apartamentos; daí sim é que vai parar na calçada, em latões especiais, que serão esvaziados pelo pessoal da limpeza pública. E depois, o que acontece?
Cerca de 35% dos materiais do lixo coletado poderiam ser reciclados ou reutilizados e outros 35% transformados em adubo orgânico. Do que é coletado, apenas uma pequena parte é destinada adequadamente em aterros sanitários; o resto, é depositado sem tratamento, em lixões.
Reduzir, Reutilizar, Reciclar

Reduzir – o mais difícil?

     Reduzir a quantidade de lixo é um compromisso importante e permanente. Como cada pessoa produz cerca de 180 quilos de lixo em um ano, é fácil perceber que diminuir o desperdício depende muito da atitude de cada um de nós.

O que se pode fazer já:

*Evite carregar embalagens tipo caixinha-dentro-de-um-saquinho-dentro-da-sacola-dentro-de-sacolão.
*Controle o uso da água: não deixe a torneira aberta à toa, abrir e fechar várias vezes, é melhor do que deixar a água correr sem necessidade.
*Desligue a TV se não estiver realmente assistindo, e a luz do lugar onde não houver ninguém.
*Ponha no prato só o que você vai comer.
*A maior parte do que jogamos fora não é sujo, fica sujo depois de misturado. Se você separar antes os materiais que podem ser reciclados, a quantidade de lixo a ser coletado é muito menor. Experimente.

Reciclagem – uma alternativa

     Todo o material descartado e que se transforma no lixo das cidades, em grande parte, deve ser retirado da "corrente" para ser recuperado como matéria-prima, podendo assim ser reutilizado na fabricação de um novo produto. Isto é a RECICLAGEM.

Principais Aspectos da Reciclagem

     Reciclar é aproveitar o material de que foi feito um objeto, uma embalagem ou qualquer coisa fabricada e que já tenha sido usada. Dessa maneira evita-se que o material acabe no lixo.

     Muita coisa se joga "fora", o que é um grande desperdício. Você já parou para pensar que "jogar fora" significa jogar aqui mesmo no nosso planeta, quase sempre em lugares errados, sujando as águas, o solo e destruindo os lugares mais bonitos? Por isso, a reciclagem é um grande caminho para a solução do problema. Isso ajuda a diminuir a quantidade de lixo que se produz nas cidades.

Símbolos e cores que facilitam a reciclagem

     Os símbolos ao lado identificam os materiais recicláveis mais comuns. Procure-os nas embalagens, para facilitar o encaminhamento para a reciclagem após o uso.

     Para facilitar a separação dos recicláveis na hora de descartá-los, podem ser usadas cores diferentes para cada recipiente:

PAPEL > VIDRO > METAL > PLÁSTICO

DICA:

     Investigue se há quem receba ou colete materiais para a reciclagem perto de onde você mora. Eles podem ser: catadores, ferros-velhos (geralmente ele só pegam grandes quantidades de material) ou a própria prefeitura de sua cidade.

Untitled Document